Português Italiano Inglês Español
Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube
Home / Cultura e Lazer / Destaque / Notícias

Exposição na biblioteca marca os 130 anos da Lei Áurea

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 16 de maio de 2018

A abolição da escravatura no Brasil completou 130 anos no último domingo, dia 13 de maio. Para marcar a data, a Biblioteca Professor Gianfederico Porta montou uma exposição reunindo um rico acervo literário. Livros de autores negros de ficção e não ficção de várias épocas estão à disposição, incluindo clássicos como Machado de Assis, Lima Barreto e Castro Alves, além de ilustrações de Debret e obras contemporâneas de Elisa Lucinda, Fernando Rocha e Plínio Camillo.

A exposição promove uma viagem pela história ao mesmo tempo em que proporciona um momento de reflexão. “É uma data muito importante, que não poderia passar batida. Mas, apesar de ser essencial sensibilizar os alunos sobre a questão da escravidão, não quisemos focar nos grilhões, e sim na riquíssima herança da cultura africana”, explica Patrícia Kanno, supervisora da Biblioteca. Um ótimo exemplo disso é o lindo painel montado pela equipe que mostra as palavras do português brasileiro que têm origem nas diversas línguas africanas faladas pelo povo que, escravizado, veio parar no país. Entre elas, temos vários termos usados no dia a dia, como “abóbora”, “bagunça”, “cafuné”, “forró”, “minhoca” e “tijolo”.

Visite a exposição na biblioteca central de segunda a sexta, das 7h às 18h.

Categorias: Cultura e Lazer, Destaque, Notícias