Português Italiano Inglês Español
Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube
Home / Destaque / Institucional

Dante recebe palestra do psicólogo Cristiano Nabuco

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 12 de maio de 2017

O Colégio Dante Alighieri recebeu, na noite do dia 11 de maio, o psicólogo Cristiano Nabuco, que falou aos presentes sobre os males da dependência tecnológica. Intitulada “O uso abusivo da tecnologia e os efeitos sobre o comportamento humano”, a palestra abordou como o uso da tecnologia no dia a dia causa efeitos negativos no comportamento humano a curto e longo prazo.

Cristiano Nabuco é psicólogo e possui aprimoramento em psicoterapia focada nas emoções pela York University, de Toronto, Canadá; doutorado em psicologia clínica pela Universidade do Minho, Portugal, mestrado em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e pós-doutorado pelo Departamento de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. É coordenador do Grupo de Dependência Tecnológica do Programa dos Transtornos do Impulso (PRO-AMITI) do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Terapias Cognitivas (SBTC) e colunista do Universo Online (UOL). Publicou 8 livros sobre psicologia e saúde mental, sendo o penúltimo intitulado “Internet Addiction: A Handbook and Guide to Evaluation and Treatment” (editora Wiley, NY), traduzido para 7 idiomas.

A professora Elenice Ziziotti, coordenadora do Departamento de Orientação Educacional, deu início ao evento agradecendo a presença dos pais e dos professores e destacou o momento perigoso em que vivemos e a crescente preocupação com o abuso na utilização da tecnologia.

Em seguida, Cristiano subiu ao palco para sua apresentação e a iniciou com uma breve introdução do cenário geral do abuso no uso da tecnologia em outros países. O psicólogo também citou o crescimento no interesse do assunto e exemplificou a importância dessa discussão trazendo casos de abuso tratados por ele no PRO-AMITI.

No âmbito do aspecto evolutivo humano, Cristiano citou duas linhas teóricas: a de que somos os mesmos seres humanos de sempre – mostrando casos de problemas psiquiátricos registrados na antiguidade – e a de que a tecnologia mudou nosso comportamento de uma forma drástica – comparando a crescente quantidade de informação que recebemos diariamente e a existência da internet com a descoberta do fogo.

Dando continuidade, o psicólogo citou os fenômenos da cognição e do transumanismo. O primeiro refere-se a tudo ser mais inteligente, como SmartTVs, SmartCars, SmartHouses e SmartCities. O segundo diz respeito a como a biologia e a tecnologia se misturam e moldam o comportamento humano. Em seguida, deixou uma pergunta no ar para a reflexão dos presentes: apesar disso tudo somos SmartPersons?

No aspecto do comportamento dos jovens em relação à internet, Cristiano explicou que determinadas atitudes na esfera digital se ligam à depressão e ao distanciamento social, frutos de uma sociedade do espetáculo na qual o que importa é a nossa aparência online. Essas atitudes – como a necessidade de ter um grande número de curtidas em uma postagem – trazem-nos uma falsa sensação de melhora de imagem, prazer e humor, além da sensação de isolamento. Todo esse cenário acaba levando a uma dependência e a um abuso na utilização tecnológica.

O psicólogo também ofereceu conselhos sobre o que os pais devem fazer para evitar essa má utilização, reforçando práticas como mudar de comportamento, servir de exemplo aos filhos, conscientizar-se dos perigos e ter bom senso em priorizar as práticas saudáveis. O mais importante, em sua opinião, é não deixar a tecnologia ocupar um espaço que deveria ser preenchido pelas relações pessoais, tanto familiares quanto amigáveis. Por fim, os presentes puderam tirar dúvidas e contar histórias pessoais sobre o abuso e a má utilização da tecnologia.

Categorias: Destaque, Institucional