Português Italiano Inglês Español
Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube
Home / Destaque / Institucional

TEDxDanteAlighieriSchool chega à quinta edição com seis palestras

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 22 de setembro de 2017

“Acreditamos que, mais do que falar, é preciso fazer. Uma simples mudança de atitude pode transformar vidas.” Essa foi a premissa da edição de 2017 do TEDxDanteAlighieriSchool, realizada em 16 de setembro com a temática “Mãos à obra”. Esse foi o quinto ano seguido que o Dante realiza o TEDx, abrindo suas portas e trazendo personalidades de fora e de dentro do Colégio para difundir reflexões inspiradoras.

Assim como acontece em todos os eventos do movimento global TED, todas as palestras podem durar até 18 minutos e têm a proposta de incentivar o público a promover mudanças positivas na sociedade. Todas as apresentações foram gravadas e serão disponibilizadas no YouTube entre o fim de setembro e o início de outubro (os vídeos serão divulgados no site e nas mídias sociais do Dante).

Apesar de todas as palestras abordarem boas causas e respostas positivas às mazelas da sociedade, elas tratam de assuntos bastante diferentes. A primeira delas, por exemplo, consistiu na apresentação do Abraço Cultural, projeto que tem o objetivo de promover a troca de experiências, a geração de renda e a valorização dos refugiados. Por meio da oferta de um “produto” que, além de tudo, quebra as barreiras do preconceito contra pessoas que deixaram sua terra natal por razões de conflitos, guerras e perseguição, os refugiados se tornam professores de línguas e enriquecem o ensino dos alunos compartilhando suas vivências. As coordenadoras do Abraço Cultural, Mariangela Garbelini e Carolina Teixeira, foram as responsáveis pela apresentação. Clique aqui para conhecer melhor o Abraço Cultural.

A segunda palestra ficou por conta do economista Ricardo Amorim, que abordou as crises vividas pelo Brasil atualmente e, principalmente, as alternativas – e seus obstáculos – que ele considera ideais para colaborar com o crescimento do país. Ele falou, por exemplo, da reforma da previdência, tema que vem sendo debatido nos últimos tempos principalmente por conta de elementos como o aumento da idade mínima para a aposentadoria. Ricardo também participa do programa Manhattan Connection, da Globo News, e é colunista na revista IstoÉ.

A apresentação seguinte foi realizada por David Dias, que vem trabalhando com o desenho, desenvolvimento de implementação de soluções cognitivas com o uso de inteligência artificial. Ele focou sua apresentação na importância de a humanidade reconhecer e integrar novas tecnologias ao desenvolvimento da sociedade.

Após o intervalo, foi a vez de dois adolescentes se apresentarem. Viviane Saone e o dantiano Antonio Quintanilha falaram de um projeto que uniu pessoas de diversas regiões da cidade e diferentes instituições de ensino: o Educom.geração.cidadã.2016. No ano passado, professores, integrantes da oficina Dante em Foco e alunos do CEU EMEF Casa Blanca puderam trocar experiências durante um curso interinstitucional realizado no segundo semestre. Além de abordar a oportunidade de enriquecer seus conhecimentos no campo da educomunicação e das mídias digitais, eles falaram de como os encontros ajudaram com a desconstrução de preconceitos relacionados a pessoas desconhecidas que vivem e estudam em regiões diferentes.

O quinto palestrante, o desembargador Antonio Carlos Malheiros, encarregou-se da que provavelmente foi a apresentação mais emocionante. Contando sua história, ele falou de como desde criança se distanciou (em princípio por obrigação, como atividade de recuperação na escola para não ser reprovado em uma matéria) de sua realidade para conhecer vidas bastante diferentes e bem menos privilegiadas que a sua. A partir de seu primeiro contato com pessoas vivendo em situação precária, ele passou a se dedicar – algo que faz há várias décadas – a colaborar com causas sociais sempre que possível. Ainda na adolescência, por exemplo, deu aulas de reforço a adolescentes desprovidos de ensino de qualidade.

Em outra de suas ações, ele decidiu contratar uma pessoa viciada em crack como assistente em seu escritório de advocacia por acreditar na possibilidade de ela se livrar do consumo da droga e restabelecer sua vida. O que parecia promissor havia desmoronado não só uma como várias vezes, sempre que o vício falava mais alto. Felizmente, Antonio concluiu a história falando que, anos depois de viver esse roteiro cheio de alternâncias entre otimismo e pessimismo, o ex-usuário de crack não só se livrou da droga como também conseguiu voltar a correr atrás de seus sonhos. Hoje esse homem é professor na Fundação Getulio Vargas.

Atualmente, Antonio atua voluntariamente como palhaço no hospital Emílio Ribas, função que exerce desde 1997 com a proposta de animar pacientes internados. Em 2016, ele recebeu a Medalha Anchieta e o Diploma de Gratidão, honrarias concedidas pela Câmara Municipal a pessoas que venham desempenhando papel importante para promover mudanças positivas na cidade.

A palestra que encerrou o TEDxDanteAlighieriSchool ficou sob a responsabilidade de Elaine Vilela e Marcos Assunção, especialistas não só no campo das LIBRAS, a Língua Brasileira de Sinais, como também em técnicas de comunicação que atendam surdocegos. Para comentar a importância da inclusão, eles falaram das dificuldades vividas por pessoas que vivem com a condição da surdocegueira. Para tentar contextualizar um pouco melhor o tema, eles não só falaram dessas técnicas variadas como também convidaram o público a formar duplas e, enquanto uma das pessoas ficava com o olho fechado, a outra devia utilizar essas diferentes formas de comunicação para formar alguma palavra simples, como Sol.

Durante o evento, duas palestras oficiais do TED foram exibidas: a primeira foi de Laura Vanderkam, que falou da importância de administrarmos bem nosso tempo livre (clique aqui para assistir); e a segunda foi de James Veitch, que falou tanto do uso coerente da tecnologia quanto das possibilidades irresponsáveis de recorrer a ela, exemplificadas a partir do spam de e-mails de uma loja varejista (clique aqui para assistir).

 

Categorias: Destaque, Institucional