Português Italiano Inglês Español
Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Home / Destaque / Institucional / Notícias

Dante participa de congresso internacional de Educomunicação

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 8 de Janeiro de 2019

O Dante participou do II Congresso Internacional de Comunicação e Educação, realizado pela USP de 12 a 14 de novembro, e foi a única instituição a sediar um painel do evento fora do campus da Universidade. O último painel e a cerimônia de encerramento do congresso foram realizados no auditório Guglielmo Raul Falzoni, sendo também as únicas atividades abertas ao público. Nos três dias de programação, havia mesas com congressistas estrangeiros pela manhã, e, à tarde, educadores brasileiros apresentaram diversos projetos de educomunicação. O Dante apresentou oito trabalhos, abordando de fake news e tecnologia a práticas de gestão ambiental, contando com a participação de mais de dez colaboradores e também de alguns alunos, membros da oficina de jornalismo Dante em Foco e do comitê discente de tecnologia. “Essa foi a participação mais expressiva do Dante em um congresso internacional de Educom até hoje. Nós somos uma referência em educomunicação, ensinando aos alunos como a imprensa funciona e como produzirem suas próprias notícias”, comenta a professora Verônica Cannatá, coordenadora do Departamento de Tecnologia e uma das responsáveis pela oficina Dante em Foco.

No final do evento, houve também a cerimônia de encerramento do projeto “Educom.geraçãocidadã”, compondo um dos painéis do congresso, intitulado “Educomunicação na interface público e privado: diálogos entre a educação básica e a universidade”. O projeto é uma parceria entre o Dante e o CEU EMEF Casa Blanca, escola pública de educação básica localizada no Campo Limpo. A iniciativa começou em 2016 e, como as duas escolas contam com oficinas de jornalismo e práticas de análise de mídia, o trabalho passou a ser feito colaborativamente com apoio do NCE/USP e da ABPEducom. Em 2017, o “Educom.geraçãocidadã” colaborou para a elaboração do texto final do Plano de Educação em Direitos Humanos do Estado de São Paulo e, em 2018, aproveitou a cerimônia dentro do congresso internacional para entregar à Unesco os pontos de vista dos estudantes sobre os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela ONU dentro da agenda para 2030. Os alunos são membros das oficinas Dante em Foco e Imprensa Jovem, que apresentam uma abordagem pedagógica muito similar.

O portfólio, chamado de “Sonhos & Ações”, foi entregue em mãos para Maria Rebeca Otero Gomes, coordenadora da equipe de educação da representação da Unesco no Brasil. O presidente da ABPEducom, professor Ismar Soares, e a assistente de direção do CEU EMEF Casa Blanca, Alessandra Gois, também receberam cópias do portfólio. “Nós ainda entregamos aos estudantes que participaram do projeto o ‘Anuário das Minhas Ações’, uma página em branco para cada ano até 2030. Assim, eles podem planejar o que farão nos próximos 12 anos para alcançar os objetivos que escolheram. Nós pretendemos reunir o grupo novamente no futuro, quando 2030 chegar, para vermos juntos quais objetivos conseguimos conquistar e como esse trabalho impactou a vida de cada um”, conta Verônica.

 

Presenças internacionais de peso

A professora italiana Gianna Cappello, especialista em educomunicação, docente da Universidade de Palermo e presidente da Associação Italiana de Educação em Mídia e Comunicação, também participou do evento. Além de Gianna, estavam presentes os professores estrangeiros Guillermo Orozco, da Universidade de Guadalajara (México); Ignácio Aguaded, do Grupo Comunicar (Espanha); Maria Teresa Quiroz Velasco, da Universidade de Lima (Peru); e Manuel Joaquim Silva Pinto, da Universidade do Minho (Portugal). Participaram ainda duas ex-alunas dos projetos de educomunicação das duas escolas: Maria Eduarda, ex-aluna do projeto Imprensa Jovem, de 13 anos, que hoje é estudante do Ensino Médio em São Paulo; e Ana Carolina Paixão de Queiroz, de 20 anos, ex-aluna do Dante e da Dante em Foco, que atualmente estuda economia na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. Cris Barroso, supervisora escolar da Diretoria Regional de Ensino do Campo Limpo; e Lucilene Vargas, professora de tecnologia educacional do CEU EMEF Casa Blanca, também acompanharam tudo pessoalmente.

Categorias: Destaque, Institucional, Notícias