Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Home / Destaque / Ensino Médio / Institucional / Notícias

Dante organiza nova Olimpíada Interescolar de Biologia

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 2 de dezembro de 2019
alunos premiados

Em 2019 o Dante organizou a primeira edição da Olimpíada Interescolar de Biologia (OIB), nova competição de nível nacional criada pela professora Paula Reis Galvão Rosa, coordenadora do Departamento de Biologia, e voltada para alunos de Ensino Médio. Confira o regulamento da prova aqui. Este ano, a comissão organizadora responsável pela elaboração da prova foi composta pelo Dante em parceria com mais quatro colégios do estado de São Paulo: Uirapuru (Sorocaba – SP), Magno (São Paulo – SP), Santa Cruz (São Paulo – SP) e São Luís (São Paulo – SP). Participaram da prova, no total, 407 alunos vindos de 17 escolas dos estados do Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro, Sergipe e Rio Grande do Norte. “Parabenizo o Dante pela qualidade da prova! Atualizada, diversificada e criativa. Aliou conteúdo e interpretação”, comenta o professor Frederico Lessa, do Colégio São Vicente de Paulo, do Rio de Janeiro.

equipe da OIB

O Dante contou com 68 inscritos, e, no final da competição, seis alunos foram premiados com medalhas, sendo duas de ouro (Daniel Pinato Lino, 3ª série C, e Alessandra Rister Portinari Maranca, 3ª A), uma de prata (Breno Rudella Tonidandel, 3ª série A) e três de bronze (João Pedro Moritz de Carvalho, 1ª I, Victor Augusto de Paula Guimarães, 3ª F, e Yanly Kassin Erh, 3ª F). O estudante Joao Pedro Moritz de Carvalho ainda recebeu destaque por ter conquistado uma medalha de bronze, já que ainda cursa a 1ª série do Ensino Médio. “A prova, de nível único, foi aplicada para alunos de todas as séries e contemplou questões conceituais de conteúdo dos três anos de Ensino Médio. Sendo assim, é esperado que as melhores notas sejam atribuídas a alunos da 3ª série, mas o João Pedro ficou entre os melhores. É uma conquista muito relevante e podemos ter ótimas expectativas em relação ao desempenho dele para as próximas edições da OIB ou mesmo da OBB (Olimpíada Brasileira de Biologia), de organização externa, que acontecerá em março do próximo ano”, explica a professora de tecnologia educacional Tania Luciano, que fez parte da equipe organizadora do Dante.

alunos conversam com presidente do Dante

“Ficamos muito contentes com a primeira edição da OIB e, agora, as próximas etapas são revisar os resultados, encaminhar todos os certificados e medalhas, receber uma avaliação das escolas participantes e realizar uma reunião com a comissão organizadora. Para 2020, a ideia é estender a competição para escolas de toda a América Latina que façam parte do Projeto Escolas Associadas da Unesco”, conta a professora Paula Rosa. O projeto, também conhecido pela sigla PEA, é uma rede presente em 182 países que reúne 11 mil escolas públicas e privadas, mobilizando 40 mil professores e educando 500 mil alunos. O programa busca unir colégios que façam um trabalho diferenciado seguindo os valores da Unesco, com a promoção de temas como a cultura da paz e cooperação internacional, cidadania global, trabalho intercultural e valorização da diversidade. A Unesco é uma agência especializada da Organização das Nações Unidas (ONU) para a educação, a ciência e a cultura.

Categorias: Destaque, Ensino Médio, Institucional, Notícias