Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Dante Escuta
Moodle Colégio Dante Alighieri
Home / Destaque / Ensino Fundamental II / Ensino Médio / Institucional / Notícias

Cientista Aprendiz celebra conquistas de 2019 e novidades para 2020

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 17 de dezembro de 2019
formandos do cientista aprendiz

No dia 29 de novembro a equipe do Cientista Aprendiz reuniu os mais de 200 alunos participantes do programa no auditório Miro Noschese para uma cerimônia de encerramento do ano, além de entregar certificados para os formandos, credenciar novos alunos que darão início aos seus trabalhos no ano que vem e oferecer um lanche especial no pátio do edifício Michelangelo. O Cientista Aprendiz é o programa de pré-iniciação científica do Colégio Dante Alighieri, oferecido a alunos do 8º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio desde 2006 com o objetivo de incentivar a autonomia na elaboração de questões-problema, na proposição de hipóteses e no encaminhamento metodológico para a comprovação dessas hipóteses, gerando assim uma ampla motivação no aprendizado das ciências e na aplicação de suas ferramentas.

Valdenice

Em 2019, o Cientista contou com 206 alunos matriculados, 22 professores orientadores, 32 instituições de pesquisa parceiras, 163 projetos em desenvolvimento, 165 prêmios nacionais e 47 prêmios internacionais, conquistados em feiras como Febrace (Brasil), Genius Olympiad (EUA), Youth Science Meeting (Portugal), London International Youth Science Forum (Reino Unido), Mocica (Brasil), Expo Science International (Emirados Árabes), Mostratec e Mostratec Jr. (Brasil). “No Cientista nós temos um time de professores excepcional. É um privilégio poder contar com essa equipe e oferecer a alunos de Ensino Básico uma experiência que a grande maioria das pessoas só pode ter na universidade”, comemorou a professora Valdenice Minatel Melo de Cerqueira, diretora-geral pedagógica do Dante.

Sandra

Este ano ainda foi marcado por um evento histórico para o programa: a realização da Feira Nacional de Ciência e Tecnologia Dante Alighieri (FeNaDANTE), em setembro, com 350 alunos participantes vindos de oito Estados brasileiros, 118 projetos apresentados, 136 avaliadores de diversas áreas e 76 prêmios atribuídos. “O Cientista conta com muitos alunos participantes, muitos projetos maravilhosos são produzidos, e nem sempre havia espaço para apresentar todos os trabalhos nas feiras. Por isso criamos a nossa própria feira nacional. E, como a colaboração está no DNA da nossa escola, convidamos alunos de todo o país para que eles também pudessem ter mais espaço e oportunidade. Foi maravilhoso ver a integração dos estudantes, e fiquei orgulhosa do comportamento dos dantianos, que receberam tão bem os visitantes”, contou a professora Sandra Tonidandel, coordenadora-geral pedagógica do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio do Colégio. “Em 2020 vamos juntos dar um passo ainda maior e receber colegas de outros países. A FeNaDANTE irá se tornar uma feira internacional”, anunciou ela, recebendo uma salva de palmas da plateia.

Muitas novidades para 2020

Além da internacionalização da FeNaDANTE, em 2020 o Dante também pretende inovar formando o primeiro time brasileiro de biologia sintética para participar da iGEM, a maior competição internacional de engenharia de sistemas biológicos do mundo. Criada em 2003 pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), hoje a iGEM recebe mais de 5 mil estudantes vindos de 40 países e conta com uma categoria para projetos de Ensino Médio.

Parceria com o MIT

“Diferentes grupos de alunos se reúnem em times e, ao longo de um ano, desenvolvem projetos complexos e extensos na área de biologia sintética com diferentes temas, como saúde, meio ambiente, energia e até mesmo uma nova roupa para o Homem-Aranha, que foi um dos trabalhos vencedores de 2019! Durante a competição apresentamos o projeto, concorremos a medalhas e prêmios, participamos de workshops de patrocinadores, como NASA e FBI, conhecemos cientistas renomados de Harvard, do MIT e de outras instituições e ainda podemos fazer contato com presidentes e fundadores de várias startups”, contou a estudante Giulia Ramela, que é ex-aluna do Dante, cursa biologia na USP, é estagiária do Cientista Aprendiz e foi uma das vencedoras do iGEM este ano com o projeto “GenSwitch”, um interruptor genético para bioprodução, conquistando medalha de ouro!

Categorias: Destaque, Ensino Fundamental II, Ensino Médio, Institucional, Notícias
error: Conteúdo protegido!!