Português Italiano Inglês Español
Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Home / Na Estante

Biblioteca

Na Estante nº12 – Junho/2019

FECHANDO CICLO

E junho chegou trazendo ventos frios, aquela vontade de se encolher num gostoso abraço de uma manta quentinha, sentar numa poltrona confortável e… Claro, ler um bom livro! Junho também é o mês das bebidas quentes, festas juninas e o término de mais um semestre corrido e muito proveitoso, em que o aprendizado foi intenso. Hora de relaxar e organizar as férias, que estão bem próximas. E falando em férias, já pensou em quais livros você vai levar na mala?

De som a som
Ensino o silêncio a ser sibilino
De sino em sino
O silêncio ao som ensino

Paulo Leminski

DICAS DE LEITURA

Nesses muitos anos trabalhando com livros e leitura, notamos o quanto nossa literatura brasileira e seus representantes – que não são poucos – costumam ficar no limbo do esquecimento de todos. Nossa proposta é a seguinte: leitor, ouse escolher um autor nacional para próxima leitura. Permita-se mergulhar no universo rico desses escritores. Não devem absolutamente nada aos escritores de outras nacionalidades. Muito pelo contrário, temos verdadeiras joias literárias aqui mesmo e que fazem parte de nosso acervo. Em nossa biblioteca, possuímos obras de autores considerados clássicos, assim como mantemos um acervo atualizado com o que de melhor tem surgido no mercado. Abaixo, algumas sugestões.

O FEITIÇO DA ILHA DO PAVÃO

Autor: João Ubaldo Ribeiro

Sinopse: A ilha do Pavão, geografia fantástica, é o microcosmo de uma sociedade de colonizadores portugueses, índios e negros. Mas esse mundo ficcional criado por Ubaldo alcança um patamar ainda maior: é a representação de um povo, com seus matizes, seus pontos de tensão, suas glórias. O livro não se restringe ao romance histórico; é um mergulho na própria identidade brasileira. “O feitiço da ilha do Pavão” é também uma narrativa vibrante, em que João Ubaldo explora ao máximo a riqueza da língua para criar diálogos vivazes, descrições de um colorido e uma precisão incomparáveis.

ROMANCE DE DOM PANTERO NOS PALCOS DOS PECADORES

Autor: Ariano Suassuna

Sinopse: Último livro de Ariano Suassuna, concluído poucos dias antes de sua morte, o “Romance de Dom Pantero no Palco dos Pecadores” é uma espécie de testamento literário do autor, que procura integrar, na narrativa, elementos do seu teatro, da sua poesia, da sua prosa de ficção e do seu ensaio. Composto por cartas assinadas por Antero Savedra sob o pseudônimo de “Dom Pantero”, publicadas em um suplemento de jornal, o romance conta a trajetória de um misto de escritor, ator, encenador, professor e palhaço que dedica a sua vida à realização de uma grande obra, intitulada “A Ilumiara” e escrita a partir das obras dos seus irmãos, o romancista Auro Schabino, o dramaturgo Adriel Soares e o poeta Altino Sotero.

NIHONJIN

Autor: Oscar Nakasato

Sinopse: Hideo Inabata é um japonês orgulhoso de sua nacionalidade, que chega ao Brasil na segunda década do século XX com o objetivo de enriquecer e cumprir a missão sagrada de levar recursos ao Japão, conforme orientação do imperador aos seus súditos. O árduo trabalho no campo, a difícil adaptação ao Brasil, a morte da primeira esposa e os conflitos com os filhos Haruo e Sumie são um teste para a inflexibilidade do nihonjin (japonês). O narrador, neto do protagonista e filho de Sumie, empresta voz e visão contemporânea à transformação do avô e do seu sonho de voltar rico para casa. Nihonjin, romance de estreia de Oscar Nakasato, foi o vencedor do 1º Prêmio Benvirá de Literatura, do qual participaram 1.932 concorrentes de todo o Brasil com obras inéditas.

INVENÇÃO DE ORFEU

Autor: Jorge de Lima

Sinopse: Considerado um dos grandes poemas da língua portuguesa, Invenção de Orfeu percorre um incomparável universo de imagens e sons. Nesta obra, Jorge de Lima criou, com o máximo de riqueza lírica e humana, o registro épico da nossa brasilidade. Para isso, explorou todas as vertentes formais da criação poética, tanto as que ele já havia realizado em seus livros anteriores quanto as da própria tradição literária nacional e ocidental. Jorge de Lima mescla o popular e o erudito, o clássico e o surrealista, a mitologia e o catolicismo, sem nunca perder de vista a dimensão humana, sobretudo em relação ao problema histórico da desigualdade e da injustiça social.

A ILHA DO CONHECIMENTO

Autor: Marcelo Gleiser

Sinopse: Do autor de “A dança do universo” e “O fim da terra e do céu”, vencedores do prêmio Jabuti.

Quanto podemos conhecer do mundo? Será que podemos conhecer tudo? Ou será que existem limites fundamentais para o que a ciência pode explicar? Se esses limites existem, até que ponto podemos compreender a natureza da realidade? Essas perguntas, e suas consequências surpreendentes, são o foco deste livro, um ensaio sobre como compreendemos o Universo e a nós mesmos.

A ÚLTIMA VIAGEM DE BORGES

Autor: Ignácio de Loyola Brandão

Sinopse: Em “A Última Viagem de Borges”, Ignácio de Loyola Brandão passeia pelo insólito, propõe enigmas, mas sobretudo desafia a argúcia e a imaginação do leitor. Tendo como personagem o escritor argentino Jorge Luis Borges, a peça se desenrola num clima de fantasia delirante, bem ao estilo borgiano, temperado pelo humor e pela ironia típicos do autor paulista. 
Aos 87 anos, cego, sentindo a presença cada vez mais próxima da indesejada das gentes, Borges inventa (ou descobre?) a palavra-síntese, a mais perfeita de todas, resumo de todas as palavras, construída “com sílabas articuladas cheias de ternuras e tremores”. Sem escrevê-la ou comunicar a outra pessoa, o velho escritor acaba por esquecê-la. 

UM MAPA TODO SEU

Autor: Ana Maria Machado

Sinopse: “Um mapa todo seu” reconta a história de amor de Eufrásia Teixeira Leite, uma mulher à frente de seu tempo e uma das primeiras grandes investidoras e empresárias do país; e o jornalista, político e diplomata Joaquim Nabuco, figura essencial no processo de abolição da escravatura no Brasil.
Eufrásia e Nabuco não estão retratados apenas por meio de documentos históricos, mas aparecem em suas vidas íntimas, recriadas com vivacidade e precisão. São pessoas que aos poucos constroem suas jornadas de amores e frustrações. Ao mesclar ficção com fatos reais, a narrativa se desloca por territórios como a liberdade dos escravos e a autonomia feminina, e se torna o panorama de um momento crucial da história do país.

ROMANCEIRO DA INCONFIDÊNCIA

Autor: Cecília Meireles

Sinopse:  Os poemas aqui reunidos – cada qual com vida própria – formam um longo e único poema, lírico e épico ao mesmo tempo em que conta a história de Tiradentes, o mártir da Inconfidência Mineira.

Elaborado por meio de uma profunda pesquisa, a conspiração revolucionária de poetas é recriada com maestria pela imensa poeta Cecília Meireles.