Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Dante Escuta
Moodle Colégio Dante Alighieri
Home / Destaque / Destaque / Notícias

Beto Junqueyra, escritor e ex-aluno do Dante, é entrevistado por alunos do 6º ano à distância

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 11 de maio de 2020

Autor de livros infantojuvenis, ganhador do prêmio Jabuti no ano 2000 por “Vivendo Melhor” e publisher da editora Estrela Cultural, Beto Junqueyra teve sua formação quase completa no Dante, cursando desde o 1º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio.

Com 29 livros publicados, uma de suas obras, “O Código de Camões”, é adotada pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) do MEC para o Ensino Fundamental II e, dessa forma, utilizada nas aulas de língua portuguesa do 6º ano do Dante.

Por esse motivo, somado ao fato de Beto ser ex-aluno, é costume o Colégio convidá-lo para conversar com as classes do 6º ano sobre o seu livro e a sua trajetória profissional, fazendo assim uma troca cheia de afeto, curiosidade e memória com os alunos.

Este ano, com o contexto de pandemia e isolamento social, não foi possível que o autor se encontrasse pessoalmente com os alunos, porém isso não impediu que o clássico bate-papo tão esperado pelo 6º ano acontecesse.

Em meados de abril, com a ajuda da professora Marcia Celestini Vaz, coordenadora de língua portuguesa do Dante, Beto recebeu diversas perguntas dos alunos e gravou suas respostas em vídeo para eles – como tem sido a lógica dos tempos atuais da quarentena.

Durante a conversa, Beto revelou um presente em forma de romance: em um vídeo extra, o escritor falou um pouco sobre a Heloísa, uma personagem marcante em seus livros. O que os alunos não sabiam, porém, é que ela foi criada em homenagem a uma colega de Beto dos tempos de escola, por quem ele foi apaixonado ao longo de todo o período escolar. A maior surpresa é que eles se reencontraram depois de 40 anos de formados no Dante e firmam um relacionamento amoroso até os dias atuais.  

Os livros de Beto, aliás, são cheios de referência e homenagens a professores da sua época no Dante, como o mestre Alceu Tafari, professor de língua portuguesa; a professora Ofélia, de história; e o professor Morivaldo, da antiga disciplina educação moral e cívica.

“O ‘encontro virtual com os alunos’ foi muito emocionante. Ainda que eu não tivesse o contato físico e a volta para a escola, foi sensacional! É um privilégio estar com os alunos, os pais dos alunos e os professores da casa onde eu cresci e tive toda a minha vida escolar, com uma formação muito importante, o incentivo ao gosto pela leitura e pela escrita. Acho que nos vídeos eu pude falar de forma espontânea sem nenhuma edição do áudio. As respostas foram apenas saindo do meu coração e eu pude realizar quase que uma catarse”, conta o escritor.

Categorias: Destaque, Destaque, Notícias
error: Conteúdo protegido!!