Português Italiano Inglês Español
Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Home / Cultura e Lazer / Destaque / Ensino Fundamental II / Notícias

Anna Flora traz oficinas de mitologia para alunos do Dante

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 21 de fevereiro de 2019

Nos dias 18, 21 e 22 de fevereiro a escritora Anna Flora Ferraz de Camargo Coelho visitou o Dante e deu uma aula especial para alunos do 9º ano do Ensino Fundamental sobre mitologia e história da Grécia. As turmas do 9º ano estão lendo sua obra mais famosa, “A República dos Argonautas”, livro publicado em 1998 que conta a história de uma adolescente que vive o período da ditadura militar no Brasil enquanto faz um paralelo com os heróis da mitologia grega.

“O livro conta duas histórias de períodos diferentes: uma menina que vivia na Vila Madalena na década de 1970 e que nos conta sobre a ditadura e sobre o que acontece em seu bairro na época; e a lenda dos Argonautas gregos, que também é contada por ela. Mesmo acontecendo em épocas muito distantes e diferentes, ambos os enredos se relacionam. A obra é uma narrativa em três planos e exige bastante do leitor. Por isso, convidamos a autora e também realizamos aulas introdutórias para preparar os alunos”, conta a professora Márcia Vaz, coordenadora de língua portuguesa. “É uma forma muito inteligente de contar as histórias. Ela mescla capítulos sobre a mitologia grega e a história dos argonautas, que eram heróis semideuses em busca do velocino de ouro, com capítulos sobre como era a vida na Vila Madalena, bairro de São Paulo, durante a ditadura, quando estudantes buscavam a democracia. É uma comparação entre um governo democrático e um regime totalitário, que os argonautas também experimentaram na Grécia antiga. No fim das contas, essas duas formas de poder coexistiram na antiguidade e também no século XX”, disse o aluno João Pedro Haro, do 9º I.

A autora ministrou as oficinas na biblioteca com muito entusiasmo, interagindo bastante com os estudantes e professores e dando uma aula cheia de conteúdo, mas de forma leve e descontraída. Anna Flora leu trechos da sua obra com os alunos depois de uma breve apresentação sobre a Grécia, sua geografia, história e cultura de mitologia, falando sobre o Minotauro, Hércules, os Titãs etc. Formada em história e artes cênicas, ela também adaptou para o português brasileiro algumas peças gregas, como “Pluto ou Um Deus Chamado Dinheiro” e “As Aves”, de Aristófanes, sendo uma verdadeira especialista no tema. Anna fala de forma apaixonada sobre mitologia e seu profundo interesse acabou contagiando os alunos. Ela fez também duas atividades lúdicas, distribuindo cartões com palavras de etimologia grega e identificando no enredo questões e conflitos que eram marcados com um nó em um pedaço de barbante e, à medida que a narrativa se desenrolava e trazia respostas e soluções, a turma desfazia os nós e discutia sobre a história. “Para mim é um prazer enorme estar aqui e poder conversar com meus leitores, além de saber que um colégio de tanto prestígio como o Dante adotou um de meus livros. O trabalho de escritora é muito solitário, então ter esse tipo de contato é muito valioso”, agradeceu ela.

Mais perto do que imaginamos

Na semana antes da visita de Anna Flora, a professora de língua portuguesa Fabiana Godioso deu uma aula diferente para os alunos do 9º ano, começando com um passeio pelo Dante. “Aqui no Colégio temos muitas obras de arte e algumas delas são referências à Grécia antiga e à mitologia grega. Bem na entrada do Colégio, logo após a portaria principal e antes de chegar ao sino e ao pátio, temos duas enormes esculturas retratando os deuses Atena e Cronos”, conta ela. Em seguida, as turmas iam para o auditório Miro Noschese, onde, em cima do palco, simulavam estar na Ágora de Atenas. “Quero que vocês imaginem como era a vida naquele tempo, como era estudar na Grécia antiga e participar do primeiro formato de democracia. Infelizmente, as mulheres não podiam votar. Reflitam sobre isso”, pediu a professora, instigando os estudantes, para em seguida explicar tudo sobre os mitos gregos e esse tipo de narrativa como gênero literário. Depois dessa imersão, ainda em cima do palco, a turma fez uma leitura coletiva do primeiro capítulo do livro “A República dos Argonautas”. “A mitologia grega também está ligada ao surgimento do teatro, pois as histórias eram representadas para espalhar sua mensagem. Por isso, escolhemos encerrar essa aula especial no Miro, que é o teatro do Dante. Além disso, essa obra é um objeto de trabalho muito interessante, porque a personagem principal do livro tem 14 anos e está vivendo um momento de transição entre a infância e a vida adulta. Os alunos do 9º ano têm a mesma faixa etária que ela e conseguem se identificar com a personagem e seus conflitos e descobertas, entendem pelo que ela está passando”, conclui a professora.

Categorias: Cultura e Lazer, Destaque, Ensino Fundamental II, Notícias