Português Italiano Inglês Español
Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Home / Cultura e Lazer / Destaque / Ensino Fundamental II / Notícias

Alunos visitam a Pinacoteca

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 14 de junho de 2019

Entre abril e maio os alunos do 7º e 8º ano do Ensino Fundamental participaram de excursões à Pinacoteca para conhecer o museu e estudar, in loco, diferentes gêneros de pintura e a obra de Ernesto Neto, respectivamente. “O museu em si já vale a visita e é uma atração histórica importante de São Paulo, fundada em 1905 e reconhecida como o mais antigo museu de arte da cidade. A Pinacoteca ocupa o prédio onde funcionava o Liceu de Artes e Ofícios, que era frequentado por filhos de imigrantes italianos. O edifício foi projetado por Ramos de Azevedo, um dos mais importantes arquitetos brasileiros. Há muita história ali”, conta a professora de arte Valéria Leite. “Eu queria que os alunos tivessem a noção da importância da Pinacoteca e de seu tamanho, assim como que conhecessem o Parque da Luz, que fica ao lado, a Estação da Luz e mesmo o museu da Língua Portuguesa, que continua fechado por conta de um incêndio. É uma região cheia de referências para a cultura da cidade.”

Os alunos do 7º ano estão estudando os diferentes gêneros de pintura da Academia Real Francesa, o Impressionismo e o Pós-Impressionismo e tiveram, na Pinacoteca, a oportunidade de ver pessoalmente, de pertinho, obras importantes como os quadros “América” e “África”, de Stephan Kessler, baseados em descrições de cartas de viajantes que de fato visitaram os continentes do “novo mundo”, além de quadros da família real brasileira, do Rio de Janeiro na época colonial, entre muitos outros. “Eles puderam entender melhor todo o contexto histórico dessas obras de arte e observá-las ao vivo com calma. Sorteamos papeizinhos com os gêneros de pintura, como paisagem, alegoria etc.; e aí cada aluno tirava um e tinha que encontrar uma obra que pertencesse àquele gênero, mostrar e justificar sua escolha. Isso rendeu ótimas discussões e nos ajudou a amarrar o tema que eles viram em sala de aula e que foi trabalhado em aulas, provas e exercícios avaliatórios com uma aula prática diferente no museu”, explica Valéria.

Já as turmas de 8º ano puderam conhecer a obra de Ernesto Neto, artista de formação neoconcreta que, desde a década de 1980, contempla em suas obras a interação entre o espaço expositivo e os diversos ângulos de observação do espectador. Na exposição que está em cartaz na Pina, intitulada “Sopro”, Ernesto Neto explora e expande os princípios da escultura, convocando a participação do visitante e ativando seus sentidos além do olhar interessado. “Foi uma oportunidade única de, mais uma vez, aplicarmos na prática todos os conceitos que aprendemos em sala de aula e ateliê. E quero destacar a postura dos alunos, que foi exemplar. Todos se comportaram muitíssimo bem”, elogia a professora.

Categorias: Cultura e Lazer, Destaque, Ensino Fundamental II, Notícias