Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Dante Escuta
Moodle Colégio Dante Alighieri
Home / Destaque / Institucional / Notícias

Aluno do Dante promove trabalho voluntário com tecnologia para idosos

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 19 de outubro de 2018

Sua avó tem smartphone? Usa o Facebook? Sabe mandar mensagens pelo Whatsapp? Foi pensando na dificuldade que muitos idosos têm em usar as novas tecnologias dos aplicativos que Enzo Xavier, aluno do 7º ano G do Ensino Fundamental do Dante, começou a fazer trabalho voluntário. Todo domingo, às sete horas da manhã, o garoto já está de pé para receber os moradores de um asilo na Pastoral da Acolhida da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, na Pompeia. E quem inspirou tudo isso foi a avó de Enzo, dona Edith, que tem 92 anos e mora no Paraná. “Eu pensei assim: muitos desses idosos moram longe da família, vivem no asilo que fica perto da igreja que eles frequentam toda semana – a mesma que eu frequento com a minha família e da qual meu pai sempre gostou muito. E lembrei da minha avó, porque cada neto mora em um Estado diferente, e todos sentimos muitas saudades. Aí tive essa ideia e nasceu o projeto Neto Digital”, conta ele. Enzo ensina com muita dedicação, carinho e paciência a usar os principais aplicativos e as funcionalidades do smartphone, sempre com o objetivo de incluir e aproximar o idoso da sociedade e de sua família. Hoje, 50 pessoas são beneficiadas pelo projeto.

“Para eles, é como se fosse um mundo novo. É preciso ir mostrando aos poucos como funciona cada ferramenta, e muita gente não tem paciência para ensinar. Eu estou feliz porque agora a dona Maria, por exemplo, já sabe como avisar sua família caso passe mal, e assim ela se sente mais segura. Minha avó também já consegue falar com a gente pelo Whatsapp e matar as saudades”, diz Enzo, com um sorriso no rosto. “A ideia foi dele mesmo, nós apenas apoiamos. Eu fui pesquisar o tema e descobri que muitos estudos mostram que os idosos preferem a atenção de crianças e aprendem mais com os netos do que com os filhos”, diz a mãe, Erenice de Almeida Alencar, que é diretora de educação corporativa na DTCOM – empresa que oferece soluções digitais integradas em educação, comunicação e tecnologia para empresas e instituições de ensino à distância.

Em uma família já envolvida com tecnologia, Enzo teve apoio para desenvolver o projeto. Mas a mãe também cita as aulas do Dante como um importante combustível para que ele se interessasse pela área. “O Enzo faz robótica no Colégio desde que tinha seis anos, e a Valdenice Minatel, diretora de Tecnologia, sempre deu a maior força para o trabalho voluntário dele. Tanto que ele já pensa em estudar no MIT e trabalhar no Vale do Silício construindo robôs e desenvolvendo tecnologia para idosos, porque a escola mostra que é possível”, afirma Erenice. “Quando escolhi o Dante, gostei muito do valor do respeito à família e também da inovação e do incentivo à ciência e à tecnologia. É um Colégio que se modernizou sem deixar de lado esses valores fundamentais”, elogia ela.

Categorias: Destaque, Institucional, Notícias
error: Conteúdo protegido!!