Português Italiano Inglês Español
Siga nas redes sociais Facebook Instagram YouTube Linkedin
Home / Destaque / Ensino Fundamental / Notícias

Alunas do 5º ano fazem intervenção artística sobre cyberbullying

Imprimir Compartilhar Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus
Em 17 de Abril de 2019

Um grupo de onze alunas do 5º ano do Ensino Fundamental criou uma peça de teatro chamada “Cyberbullying na Escola” para alertar os colegas sobre as consequências negativas da prática. As meninas encenaram a peça para seus colegas no começo de abril, dentro da própria sala de aula. “Elas desenvolveram o roteiro depois de terem passado por uma atividade de conscientização sobre o cyberbullying nas aulas de tecnologia”, conta a professora Verônica Cannatá, coordenadora do Departamento de Tecnologia. As alunas que foram autoras e atrizes da peça são todas do 5º D: Ana Carolina Domingues Makdissi, Ana Luiza Cornagluotti Martini, Giovanna Bazalia Gori, Lais Bocchi Faibicher, Lara Megda Schusterchitz, Laura Durante Teixeira, Lorena Fernandes de Souza, Maria Gabriella Ramozzi Chiarottino, Mariana Marques Gameleiras Cavalcante, Rafaella Torrezan Higino de Lima e Roberta Prieto Boulos.

“Foi uma iniciativa delas mesmas e gostamos tanto que fizemos questão de parabenizá-las e pensamos na possibilidade de apresentar para as outras classes do 5º ano”, diz Marina Galvanini, orientadora educacional do 5º ano. Em agosto, as turmas voltarão a trabalhar o tema em sala de aula com um trabalho feito em parceria com a Orientação Educacional e o Departamento de Tecnologia.  “Temos que abordar esse assunto, porque infelizmente os alunos já passam por isso, apesar de ainda serem pequenos, terem entre 9 e 10 anos. A maioria deles já usa celular e WhatsApp, e nessa rede acontecem alguns casos de cyberbullying. Mas, depois que começamos a falar disso em sala de aula, notamos que os relatos diminuíram. Começamos esse trabalho no ano passado e acredito que desde então os alunos tenham se tornado mais conscientes e responsáveis”, explica Marina.

Categorias: Destaque, Ensino Fundamental, Notícias